Sala de Imprensa

Internet

Obesidade Mórbida

Obesidade Mórbida Sábado, 13 de novembro de 2004 Cirurgia sem cortes combate obesidade mórbida com sucesso. Os casos de obesidade mórbida no Brasil são tão graves que já contribuem para elevar o País à nona posição no ranking mundial de mortes por doenças cardíacas, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Esse mal, que não distingue classes sociais, também reduz a capacidade pulmonar, fertilidade do homem, provoca diabetes, hipertensão e aumenta as chances de morte em caso de acidentes - já que a taxa de mortalidade, nessas situações, sobe de 16% para 32% em quem tem excesso de peso, de acordo com pesquisas da OMS. Alarmantes, os dados revelam ainda que os riscos de uma pessoa obesa morrer, entre 25 e 40 anos, é 12 vezes maior do que aquelas com peso normal. A obesidade mórbida pode ser causada por maus hábitos alimentares, distúrbios hormonais, metabólicos ou neurológicos mas, em 70% dos casos, as heranças genéticas são determinantes no desenvolvimento da doença, segundo especialistas. Entre os fatores psicológicos, a principal causa é a depressão e baixa-estima, problemas que ocorrem em 90% dos obesos mórbidos, e em 25% da população de peso normal. Portadores de uma doença crônica, pacientes que sofrem deste mal estão, pelo menos, 40 quilos acima do que deveriam estar pesando, com IMC (Índice de Massa Corpórea = peso dividido pela altura ao quadrado) superior a 40 kg/m² ou 35 Kg/m² com doenças associadas, como hipertensão e diabetes. Nestes casos, a medicina considera a cirurgia uma questão de sobrevivência, e não de estética.

[ Voltar ]

 
 

Rua Catequese, 433 - Bairro Jardim -Santo André - SP - CEP: 09090-400
Fone: (11) 2842-2222

Site desenvolvido dentro dos padrões WEB - Tableless
Copyright - Grupo Ana Rosa Ltda. - Todos os direitos reservados
Melhor visualizado em 1024 X 768