Sala de Imprensa

Release

Cápsula endoscópica é nova

A Doença de Crohn é um processo inflamatório crônico que afeta predominantemente a parte inferior do intestino delgado e do intestino grosso, mas pode comprometer qualquer um dos segmentos do canal alimentar, desde a boca até o ânus. Os principais sintomas da DC são a diarréia, a cólica abdominal, febre freqüente, e às vezes, sangramento retal. O paciente pode apresentar também perda do apetite e peso. A causa da doença ainda não é conhecida, mas sabe-se que ela não é transmissível e que ocorrem alterações das defesas do corpo, desencadeando processos inflamatórios. Até o final da década de 90, não existia nenhum exame específico para identificar a Doença de Crohn e os pacientes eram submetidos a radiografia com contraste e colonoscopia, que consiste num tubo iluminado introduzido pelo ânus. A solução para diagnosticar a doença com precisão e de forma indolor surgiu em 2001. Desenvolvida por técnicos israelenses, a cápsula endoscópica permite um exame com mais precisão para a identificação de enfermidades do aparelho digestório. Em entrevista exclusiva ao portal www.saude.com.br, o Dr. Ronaldo B. Oliveira, falou sobre as causas, diagnósticos, sintomas e tratamentos da Doença de Cronh e explicou o que é e como funciona a cápsula endoscópica, uma das mais novas e modernas tecnologias em termos de exames da área gastroenterologia e já disponível no Brasil. saude.com.br: O que é a Doença de Crohn? É um processo inflamatório crônico capaz de afetar qualquer segmento do canal alimentar, desde a boca até o ânus, mas com nítida preferência pelo íleo terminal (segmento final do intestino fino). saude.com.br: Qual é a principal causa da DC? A causa da doença ainda é indefinida. Existem hipóteses que procuram estabelecer relações do seu aparecimento com fatores ambientais, alimentares, imuno-genéticos, infecciosos e raciais, no entanto, sem explicarem integralmente todas as particularidades relevantes neste modelo de processo inflamatório crônico. saude.com.br: Quais são os sintomas da doença? Os sintomas dependem da localização anatômica da Doença de Crohn, assim como de sua extensão. Devido a maior freqüência do comprometimento intestinal os sintomas mais comuns são cólicas abdominais, diarréias, emagrecimento, sub-oclusão intestinal e formação de fístulas entre o intestino e alguns órgãos ou com a parede abdominal. No geral, os pacientes tendem a apresentar sintomas de atividade clínica (crises) da Doença de Crohn intercalados com períodos de acalmia. saude.com.br: A Doença de Crohn tem cura? Não. O tratamento da DC tem como objetivo o alívio dos sintomas, o conforto do paciente e a resolução das complicações. O tratamento é eminentemente clínico enquanto for possível conviver com a doença e não houver complicações importantes. O tabagismo deve ser fortemente desencorajado, assim como a suspensão de anticoncepcionais em pacientes em idade fértil do sexo feminino deve ser recomendada. Nas complicações em que o tratamento clínico não resolver, poderá estar indicada à cirurgia. É importante relevar que novas concepções sobre a fisiopatologia da DC tiveram um enorme impacto sobre o desenvolvimento de novas terapias. Os fármacos anti-TNF (anticorpos) são sem duvida, muito potentes e mudaram consideravelmente a qualidade de vida de muitos pacientes. Existem algumas medidas gerais que devem ser tomadas durante o tratamento: - Hospitalização: indicada em pacientes com indicação de cirurgia, manifestações graves da doença e complicações. - Medicação: analgésicos, antitérmicos, antidiarréicos, sulfas, corticóides, quimioterápicos, antibióticos e mais recentemente anticorpos. - Nutrição: a conduta geral é tentar mantê-la próxima do normal para a idade e sexo, só se restringindo os alimentos a que o paciente sentir intolerância. saude.com.br: Como é feito o diagnostico da doença? Para o exame é necessário a utilização de algum equipamento específico? O diagnóstico é feito através da história clínica e exame físico do paciente, associados a exames, como endoscopia digestiva alta, colonoscopia, RX contrastado do trato digestivo, exames laboratoriais de sangue e mais recentemente a cápsula endoscópica. saude.com.br: Qual o diferencial da cápsula endoscópica? É um método indolor e não precisa de anestesia. Além disso, ela fornece imagens de alta resolução exclusivas do intestino delgado e tem uma boa sensibilidade e especificidade. saude.com.br: Como o exame era feito antes da cápsula endoscópica? Para o intestino delgado existe um exame de enteroscopia, que é realizado no centro cirúrgico com anestesia geral e só consegue ver um metro e meio do intestino fino, ou seja, um exame incompleto. Também é realizado o RX contrastado do intestino delgado. saude.com.br: O que é e como funciona a cápsula endoscópica? Trata-se de uma cápsula de vídeo do tamanho de uma pílula de vitamina, como um endoscópio, com câmera e fonte de iluminação própria. Depois de ingerida pelo paciente, a cápsula percorre o aparelho digestório e as imagens vão sendo enviadas para um gravador de informações colocado na cintura do paciente. Depois estas imagens são analisadas por um médico por meio de um vídeo-monitor. A cápsula endoscópica também permite o exame das três porções do intestino delgado (duodeno, jejuno e íleo). Locais até hoje de difícil visualização pelos exames convencionais. saude.com.br: A cápsula endoscópica é indicada também para o diagnóstico de outras doenças? Sim. A cápsula pode auxiliar no diagnóstico de outras doenças, como os sangramentos digestivos de origem obscura (que persiste ou recorre evidenciado através de anemia ferropriva, teste de sangue oculto positivo e/ou sangramentos visíveis, persistentes ou recorrentes, cuja investigação endoscópica primária foi negativa), poliposes, tumores intestinais benignos e malignos, diarréias crônicas e nas doenças inflamatórias (Síndrome do intestino irritável e Doença de Crohn). saude.com.br: A cápsula endoscópica é disponibilizada no setor publico de saúde? Não. Atualmente a cápsula é restrita ao setor privado.

Assinatura: Andrea Cony

[ Voltar ]

 
 

Rua Catequese, 433 - Bairro Jardim -Santo André - SP - CEP: 09090-400
Fone: (11) 2842-2222

Site desenvolvido dentro dos padrões WEB - Tableless
Copyright - Grupo Ana Rosa Ltda. - Todos os direitos reservados
Melhor visualizado em 1024 X 768